NOTÍCIAS

CEA PROTESTA CONTRA AUMENTO DE IMPOSTOS


            “O Centro Empresarial de Alegrete é contrário ao novo pacote de aumento de impostos no Rio Grande do Sul”. - A afirmativa é do Presidente do Centro Empresarial, Francisco Cesar do Prado Pedroso. Ele vem mantendo contato com a Federasul e destaca que o momento é de união da classe empresarial no sentido de se contrapor às medidas governamentais que poderão causar enormes prejuízos às empresas e aumentos para os consumidores.

            De acordo com o empresário, o Projeto de Lei 246/2020 é quase uma reedição do Projeto de Lei 184 que foi enviado para a Assembleia Legislativa, mas acabou retirado pela certeza de que não teria sua aprovação. O Presidente do CEA assinalou que as entidades que compõem a Federasul estão unidas e mobilizadas. “Não pretendemos recuar diante desse afronte governamental que tenta punir as empresas gaúchas, quando o Governo poderia dispor de muitos outros mecanismos para equilibrar as finanças do Estado”, destacou.

            Para Francisco Pedroso, é lamentável que o Governados venha falar e defender um aumento de impostos em um período de extrema dificuldade do empresariado, que além das muitas restrições ao trabalho e o constante fechamento do comércio, enfrenta uma enorme perda de renda. “Há empresas que estão sobrevivendo apenas para garantir a subsistência e a manutenção do emprego de seus colaboradores”, disse o Presidente.

            Segundo Francisco Pedroso, uma frase de Simone Leite, Presidente da Federasul, precisa ser compreendida pelos nossos governantes. A frase da Empresária é: “O Pacote de aumento de impostos proposto retira competitividade e não implementa, de fato, novas façanhas, mas renova velhas práticas políticas que historicamente trazem danos ao desenvolvimento de nosso Estado”.